Tags: Obrigações |

Fundos de obrigações: os que mais captaram em agosto


Para além do mercado nacional de fundos de investimento mobiliário, o mês de agosto terminou de forma positiva para a categoria de fundos de obrigações, que registou um saldo global de subscrições líquidas de 56,1 milhões de euros. Dito isto, olhemos para os produtos que mais contribuíram para este saldo.

Pelo quinto mês consecutivo, o Caixagest Obrigações Mais volta a ser o produto que mais captou. O fundo gerido pela Caixagest continua a registar subscrições líquidas positivas, desta feita de 25,7 milhões de euros. Logo de seguida surge o Santander MultiCrédito com um saldo de subscrições líquidas de cerca de 12,9 milhões de euros. Ambos os fundos foram os únicos a ultrapassar a barreira dos 10 milhões de euros em subscrições líquidas.

Imediatamente a seguir surgem dois produtos, de entidades distintas, com um saldo entre subscrições e resgates superior a 5 milhões de euros. Assim, o BPI Obrigações Mundiais e o CA Rendimento terminaram o mês de agosto com um saldo de subscrições líquidas de cerca de 8,7 milhões de euros e 7,2 milhões de euros, respetivamente.

Destaque, ainda, para dois fundos da responsabilidade da IM Gestão de Ativos: IMGA Euro Taxa Variável e IMGA Rendimento Semestral. Estes entram na lista dos seis fundos que obtiveram entradas líquidas superiores a um milhão de euros, com cerca 2,8 milhões de euros, no caso do primeiro, e 1,7 milhões de euros, no caso do segundo.

Os fundos de obrigações com subscrições líquidas positivas em agosto

Captura_de_ecra__2017-09-28__a_s_13

Fonte: APFIPP, 31 de agosto 

Empresas

Notícias relacionadas

O Mais Lido