Tags: Negócio |

Fundos de obrigações com crescimento de 57,8% em 2017


O mercado de gestão de ativos em 2017 desenvolveu-se no sentido ascendente, tendo o total dos ativos sob gestão aumentado 0,3% no quarto trimestre de 2017 e 1,9% em termos homólogos. Ao observar especificamente os organismos de investimento coletivo em valores mobiliários e os organismos de investimento alternativo, é possível perceber que a categoria de fundos que registou um maior crescimento em termos percentuais no ano de 2017 foi a dos fundos de obrigações, no que respeita ao número de fundos e valor sob gestão.

A 31 de dezembro de 2017, os fundos de obrigações geriam 1.516,6 milhões de euro, com um total de 16 produtos e representando 12,3% do total de fundos. Este valor é apenas superado pelos fundos poupança reforma, que neste período apresentavam 2.279,1 milhões de volume sob gestão, com 17 produtos e a representar, portanto, 18,5% do total. Face ao mesmo período do ano passado, cresceu 48,2%.

Os fundos de ações, a categoria que engloba o maior número de produtos – 46 no total – ficaram bastante atrás das duas categorias referidas anteriormente. Com 1.244,1 milhões de euros sob gestão, representado 10,1% do total, conseguiu crescer apenas 16% no ano passado.

Ao analisar o panorama geral dos organismos de investimento coletivo (132 fundos), percebemos que estes representam 90,4% do total e englobam um valor sob gestão de 11.106,6 milhões de euros, tendo por isso crescido 27% em 2017. Já os fundos de investimento alternativo (22 fundos) representam os restantes 9,6%, com um total de 1.185,4 9 milhões sob gestão. No entanto, a evolução no ano passado foi negativa, de -49,7%.

x

Fonte: CMVM, 31 de dezembro de 2017

Notícias relacionadas