Tags: Alternativos |

Fundos de investimento nas carteiras das seguradoras crescem 20% em 2017


Publicado recentemente pela Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões (ASF), o relatório da Atividade Seguradora 2017 evidencia um crescimento de 5% dos ativos totais das carteiras de investimento do sector segurador face ao final de 2016. Estes cifraram-se em 51.060 milhões de euros no final de 2017, dos quais 12.411 milhões de euros se referem a contratos de seguros de vida ligados.

Na composição da carteira de investimentos observamos um crescimento de 2 pontos percentuais do peso das obrigações de dívida pública, o segmento mais relevante nas carteiras (44%), bem como dos fundos de investimento, que representavam, no final de 2017, 6.030 milhões de euros na carteira total (12%). O valor aplicado neste último segmento evidencia um crescimento de 20% face ao ano anterior. No entanto, no segmento de seguros de vida ligados, o peso dos fundos de investimento ganha uma maior relevância, cifrando-se nos 3.721 milhões de euros, o que representa 30% das carteiras e um crescimento de quase 26% face ao valor do ano anterior. 

Captura_de_ecra__2018-03-09__a_s_11

Carteira dos seguros PPR

No que se refere aos seguros PPR, a ASF evidencia no seu relatório o crescimento dos ativos para os 15.984 milhões de euros, dos 14.206 milhões de euros em 2016, sendo que, ao contrário das carteiras globais de seguros, observamos um aumento do peso das obrigações de entidades privadas, em dois pontos percentuais, para os 28%. As obrigações de dívida pública e os fundos de investimento mantêm aqui as suas ponderações (de 55% e 5%, respetivamente).

Captura_de_ecra__2018-03-09__a_s_11

Fonte das tabelas: Relatório da Atividade Seguradora 2017 da ASF

Notícias relacionadas