Fundos de investimento do Santander Totta decrescem 5,9% em 2012


Os fundos de investimento totalizaram 1,93 mil milhões de euros no ano passado, o que representa uma descida de 5,9% face ao montante de 2,05 mil milhões verificado em no final de 2011, revelou o Santander Totta, no comunicado de resultados divulgado ontem.

No total os recursos de clientes fora do balanço recuaram 8,7% para 6,25 mil milhões de euros, tendo a outra rubrica, relativa a seguros e outros recursos decrescido 10% em termos homólogos para 4,32 mil milhões de euros.

“Num contexto difícil, a Santander Asset Management (SAM) procurou gerir os seus produtos com um nível de risco controlado, com foco na manutenção de níveis elevados e adequados de liquidez, não deixando de beneficiar das oportunidades que o mercado tem proporcionado”, é referido na nota de resultados de 2012.

No âmbito da área da gestão de activos destaca ainda, no decorrer do ano passado, “a operação de fusão de fundos, com o objectivo de simplicação e transparência da gama oferecida pela SAM, bem como a melhoria no nível de eficiência em termos de gestão”.

No final de 2012 “todos os fundos de investimento mobiliário geridos pela Santander Asset Management apresentavam rendibilidades positivas” e representavam uma quota de mercado de 11,6%, refere a instituição financeira no comunicado. Quanto aos fundos imobiliários, acrescenta, totalizaram 581,5 milhões de euros, o que correspondia a uma quota de mercado de 5,1%.

Quanto a comissões líquidas (e outros resultados da actividade bancária) atingiram 311,6 milhões de euros no final do ano passado, uma descida homóloga de 4,7%, “para a qual contribuíram as menos comissões de fundos de investimento e de seguros”, é referido ainda no comunicado de resultados anuais do Santander Totta.

Empresas

Notícias relacionadas

Próximos eventos