Fundos de investimento desinvestem de dívida nacional


O mercado nacional de fundos de investimento mobiliário fechou o semestre com 12.193,8 milhões de euros em ativos sob gestão, um valor já inferior ao montante gerido no final do ano de 2017. Na altura, os OICVM e FIA nacionais agregavam 12.291,9 milhões de euros.

De facto, junho foi novamente um mês menos positivo para este segmento da gestão de ativos que se configurou numa descida de 121,9 milhões de euros do valor sob gestão o que representa uma quebra de 0,99%. Os fundos de investimento alternativos voltaram a contribuir de forma mais exacerbada para esta variação percentual, em virtude de uma queda de 2% em junho dos ativos sob gestão, para um montante de 965 milhões de euros.

O número de fundos de investimento manteve-se inalterado.

Captura_de_ecra__2018-07-12__a_s_15

Investimento por ativos e mercados

Neste campo verificaram-se alguns movimentos muito marcados durante o mês de junho, nomeadamente uma quebra do investimento direto em dívida pública nacional e obrigações nacionais na ordem dos 27,8% e 7,6%, respetivamente. Esta quebra mostrou-se bastante mais agressiva do que a que se deu nas mesmas classes de ativos de domicílio internacional, como se pode verificar na tabela abaixo.

Captura_de_ecra__2018-07-12__a_s_15

 

Notícias relacionadas

O Mais Lido