Tags: Ações |

Fundos de ações do sector energético europeu e de ações africanas entre os mais rentáveis a um ano no segmento equity


Depois de procedermos à análise do desempenho alcançado pelos fundos nacionais de uma forma global e por segmentos (allocation e fixed income), a categoria que falta é a categoria equity. Conforme vimos, os fundos de ações nacionais são o grande destaque no panorama global, uma vez que entre os dez fundos mais rentáveis, seis deles investem neste universo. Para além disto, na categoria equity, apenas dois fundos ultrapassaram os 14% de ganhos, sendo que esses dois produtos são ambos fundos de ações nacionais. Falamos do NB Portugal Ações e do Santander Acções Portugal, cuja rentabilidade a um ano foi de 14,70% e de 14,13%, respetivamente.

Não obstante, apesar do domínio dos fundos de ações nacionais, verificamos a presença de três produtos cujo universo de investimento é o mercado acionista europeu de energia, mercado acionista africano e mercado acionista americano entre os mais rentáveis desta categoria.

Montepio Euro Energy

O fundo da responsabilidade da Montepio Gestão de Activos alcançou uma rentabilidade de 10,36%, estando entre os sete produtos desta categoria que obtiveram ganhos superiores a 10%. Quanto à composição da sua carteira, este apresenta entre as cinco maiores posições nomes de empresas como a Royal Dutch Shell, Total, BP, Enel, Eni, sendo que a portuguesa Galp Energia faz parte do top 10 de maiores posições. O volume de ativos sob gestão deste produto, por sua vez, ascende a 3,67 milhões de euros.

Dois produtos da BPI Gestão de Activos

Imediatamente a seguir ao fundo da Montepio Gestão de Activos encontramos dois produtos geridos pela mesma entidade. Falamos do BPI Africa e do BPI América, cujos ganhos foram de 10,07% e 9,87%, respetivamente. Quanto à composição das suas carteiras, o BPI Africa apresenta como sectores mais preponderantes os sectores financeiro e o consumo defensivo (25,74% e 24,99%, respetivamente). Em termos de maiores posições em carteira, no fundo de ações africanas encontramos nomes como AVI, Commercial International Bank, Clicks Group ou Anglo American. Gere um património de cerca de 4,89 milhões de euros.

Já do lado do fundo de ações americanas, são os sectores tecnológico e de healthcare aqueles que maior preponderância apresentam – com 24,01% e 20,96%, respetivamente –, sendo que nas cinco maiores posições em carteira encontramos empresas como a Apple, FedEx, Progressive Corp e Lam Research Corp e, ainda, um futuro sobre o S&P500. O seu património sob gestão ascende a 17,34 milhões de euros.

Fundo de ações americanas apresenta menor desvio padrão

Analisando o desvio padrão registado pelos três produtos acima referidos verificamos que aquele que apresenta um menor desvio padrão é o fundo de ações americanas gerido pela BPI Gestão de Activos. Assim, embora tenha alcançado uma rentabilidade de 9,87%, o seu desvio padrão fixou-se nos 7,69%. Quanto aos restantes dois produtos, a conclusão a que chegamos é que o fundo de ações africanas obteve um desvio padrão menor que o fundo da Montepio Gestão de Activos: para a rentabilidade de 10,07%, o fundo da BPI Gestão de Activos apresentou um desvio padrão de 9,21%, enquanto que o Montepio Euro Energy apresenta um desvio padrão de 9,85%.

Os dez fundos de ações mais rentáveis no último ano

Captura_de_ecra__2018-04-13__a_s_15

Fonte: Morningstar Direct, março de 2018

Empresas

Notícias relacionadas