Tags: Gestores | Negócio |

Fundos de ações: captações em abril


Seguindo o raciocínio destes últimos dias, iremos analisar, desta vez, o saldo líquido de alguns fundos de ações das entidades gestoras portuguesas, no mês de abril. 

A liderar a tabela, temos o fundo Caixagest Ações Líderes Globais FIMAA, apresentando um saldo líquido de 2,5 milhões de euros. Este, tem um volume de ativos sob gestão de, aproximadamente, 332 milhões de euros. É ainda classificado com o selo Blockbuster pela Funds People.

Seguidamente apresenta-se o Montepio Acções Europa FIMAA, produto que no mês conseguiu um saldo líquido de 236 mil de euros. Este fundo tem um património no valor de 11,17 milhões de euros. O sector financeiro e de gestão discricionária compõem mais de 40% da carteira do produto.

O próximo fundo de ações com maior saldo que consta na tabela é o Optimize Europa Valor FIAF, com um fluxo entre subscrições e resgates de 126 mil euros. Tem como setores com maior preponderância em carteira os do consumo discricionário (16,5%), o financeiro (13,6%) e o tecnológico (11,5%). O seu volume de ativos sob gestão é atualmente de 12,03 milhões de euros. 

O Montepio Multi Gestão Merc. Emg. FEIA é o próximo na lista e conta com um saldo líquido de aproximadamente 80 mil euros. Este fundo conta com um património de 6,51 milhões de euros euros. Os serviços financeiros e a tecnologia ocupam mais de 50% da carteira.  

Por fim, temos o IMGA Global Equities Selection FIA a apresentar um saldo líquido de 42 mil euros. Este fundo, gerido por António Dias e co-gerido por Nuno Marques, tem como setores com maior preponderância em carteira os de consumo não-cíclico (23,56%), o financeiro (20,28%) e o tecnológico (14,16%).

Captura_de_ecra__2018-06-01__a_s_11

Profissionais

Notícias relacionadas

Anterior 1 2 Siguiente