Tags: Negócio |

Fundos da Caixagest têm dominado em 2016


A Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios – APFIPP – divulga, todas as semanas, quais os melhores fundos nacionais no final dessa semana, para um prazo anterior de doze meses. Segundo a Associação esses “resultados não consideram comissões de subscrição e resgate, bem como outras comissões e encargos eventualmente suportados directamente pelos participantes, que variam de acordo com as condições estabelecidas no regulamento de gestão de cada fundo”. Além disso, a APFIPP elabora a lista sem considerar os fundos de poupança ações e os poupança reforma, por “terem um Regime Fiscal distinto dos outros FIM Nacionais”, sendo que também não são incluídos os “Fundos Fechados, os Fundos denominados em moeda diferente do EUR e os Fundos que divulgam o valor das UPs numa periodicidade inferior à semanal”.

A última atualização é referente ao término da semana de 3 de junho. Desde o início do ano até ao final da dessa semana, já decorreram 22 semanas com os fundos da Caixagest a liderarem em 18 semanas, com quatro fundos a passarem pela dianteira: o Caixagest Acções Japão, o Caixagest Obrigações Longo Prazo, o Caixagest Rendimento Nacional e ainda o Caixagest Oportunidades.

Destes quatro, aquele que mais vezes fechou a semana como o fundo mais rentável nos doze meses anterior é o Caixagest Rendimento Nacional. Foram oito as semanas, em que fechou na liderança. Este produto é um “fundo especial de investimento (FEI) aberto, com uma rendibilidade potencialmente elevada e distribuição periódica de rendimentos”, segundo se pode ler no seu prospecto.

Na liderança de seis das semanas da lista  - cinco das quais são as últimas - surge o Caixagest Obrigações Longo Prazo. Trata-se de um Fundo aberto de obrigações euro que investe em “obrigações diversas e de dívida pública de taxa fixa, nacionais e internacionais, e meios monetários”.

Os outros dois fundos da entidade que surgem, ‘apenas’ lideram em duas semanas. Um deles, o Caixagest Acções Japão, investe no país nipónico e foi o fundo nacional que registou maior rendibilidade em 2015. Na revista Funds People, referente ao primeiro trimestre deste ano, foi referido que o fundo está a cargo da Caixagest “mas tem ‘o mandato de desenvolvimento de uma estratégia de investimento em ações japoneses’” atribuído à AllianzGI Japan.

O outro produto, o Caixagest Oportunidades, é um fundo de investimento alternativo aberto que investe em “fundos de investimento mobiliário e imobiliário, em hedge funds, em fundos de hedge funds, em acções, em obrigações, em certificados indexados a índices e em outros valores mobiliários que se enquadrem nos objectivos do fundo”

4 semanas e duas entidades

As restantes quatro semanas do ano - datadas de 3 de junho -  foram lideradas por três produtos de duas entidades. A Montepio Gestão de Activos ocupou o lugar cimeiro três semanas através de dois fundos: o Montepio Obrigações e ainda o Montepio Euro Telcos.

A outra entidade foi a Banif Gestão de Activos, que ocupou o primeiro lugar,  cBanif Acções Portugal, que liderou na primeira semana de 2016.

As 22 primeiras semanas do ano

Captura_de_ecra__2016-06-8__a_s_10

Fonte: Ranking semanal da APFIPP. Liderança segundo os critérios explicados no artigo.

Empresas

Notícias relacionadas

O Mais Lido