Tags: Obrigações | Ações |

Fundos com subscrições líquidas positivas há cinco meses consecutivos


Os fundos de investimento mobiliário (FIM) terminaram Fevereiro com subscrições líquidas positivas, o que acontece pelo quinto mês consecutivo, de acordo com as estatísticas mensais divulgadas pela APFIPP.

No segundo mês deste ano, o saldo foi de 265,3 milhões de euros, resultado de subscrições de 1.042,7 milhões de euros e resgates de 777,4 milhões, números que não incluem os valores da MNF Gestão de Activos, por não estarem ainda disponíveis, segundo é referido pela associação.

Desde Outubro do ano passado (inclusive), que o saldo entre entradas e saídas de dinheiro nos fundos mobiliários é positivo, com o valor acumulado até final de Fevereiro a ascender a 1,28 milhões de euros; Janeiro foi o mês, entre estes cinco, com subscrições líquidas mais elevadas, de 435,3 milhões de euros.

O arranque deste ano mantém assim a tendência positiva para os FIM já evidenciada no final de 2012 e compara também com o início do ano passado, embora com valores superiores. De relembrar que, durante o ano passado, apenas em dois meses, o montante dos resgates foi superior ao das subscrições, tendo terminado com um saldo acumulado de 659,9 milhões de euros.

Quanto ao valor sob gestão, no final de Fevereiro ascendia a 13,1 mil milhões de euros, o que corresponde a um crescimento de 2,3% face a Janeiro, de 6,7% relativamente a Dezembro de 2012 e de 16,9% comparativamente com o mesmo mês do ano passado.

Empresas

Notícias relacionadas

O Mais Lido