Tags: Multiativos |

Fundos cautious e moderate allocation lideram captações na categoria de multiativos em novembro


Apesar do mês de outubro ter terminado de forma negativa para o mercado nacional de fundos mobiliários – saldo entre subscrições e resgates negativo – uma das categorias foi capaz de “escapar” a esta dinâmica, encerrando o mês com um saldo global de subscrições líquidas positivo. Falamos da categoria de fundos multiativos, cujo saldo entre subscrições e resgates superou os 9 milhões de euros, e na qual menos de metade dos fundos foi capaz de alcançar um saldo positivo. Verifica-se, por outro lado, que as sub-categorias cautious e moderate allocation foram aquelas que mais se destacaram, com a lista de produtos que melhor saldo registaram a apresentar uma maior preponderância de veículos de investimento desta natureza.

Assim, num mês em que 11 produtos desta categoria obtiveram um saldo na casa dos milhões de euros, o único capaz de superar o patamar dos 10 milhões de euros em subscrições líquidas foi, precisamente, um fundo da categoria cautious allocation. Trata-se do Caixagest Seleção Global Moderado (fundo classificado com o selo Blockbuster Funds People), cujo saldo entre subscrições e resgates ascendeu a cerca de 14,58 milhões de euros. Abaixo deste patamar – mas relativamente perto – terminou um outro produto da Caixagest que se insere na categoria de moderate allocation, o Caixagest Seleção Global Dinâmico, cujo saldo se fixou nos 6,62 milhões de euros.

Os fundos acima referidos foram, por outro lado, os únicos que lograram ultrapassar a marca dos 5 milhões de euros. Assim, imediatamente a seguir surgem dois fundos da responsabilidade da BPI Gestão de Activos, o BPI Moderado (fundo que ostenta o selo Blockbuster Funds People) e o BPI Dinâmico, com um saldo de subscrições líquidas de cerca de 4,07 milhões de euros e de 2,53 milhões de euros, respetivamente.

Captura_de_ecra__2018-12-04__a_s_16

Fonte: Morningstar Direct, outubro de 2018

Empresas

Notícias relacionadas

O Mais Lido