Fundo monetário da Caixagest foi o que mais captou nos primeiros nove meses do ano


O ano de 2017 parece estar a ser favorável para o mercado de fundos de investimento mobiliário nacional. De acordo com os dados mais recentes da Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios (APFIPP), desde o início do ano, o saldo acumulado de subscrições líquidas é positivo e ascende a 613,9 milhões de euros.

Posto isto, recorrendo a dados da Morningstar, olhemos para o movimento de entradas e saídas de dinheiro nos fundos de investimento mobiliário nacionais desde o início do ano. Que produtos apresentam o maior volume de captações e maior crescimento percentual nos primeiros nove meses de 2017?

Caixagest Liquidez é o fundo com maior volume de captações

Depois de registar subscrições líquidas acima dos 40 milhões nos últimos três meses, o produto do mercado monetário da responsabilidade da Caixagest surge como o que maior volume de captações registou no período em análise. Com um saldo entre subscrições e resgates de cerca de 418,6 milhões de euros, este é o único produto que ultrapassou os 200 milhões de euros em termos de entradas líquidas de dinheiro nos primeiros nove meses do ano. Recorde-se que o Caixagest Liquidez incorporou o fundo Caixagest Fundo Monetário em janeiro deste ano.

Logo a seguir surge o BPI Reforma Segura, um fundo que detém o selo Blockbuster Funds People e um dos dois fundos poupança reforma que registaram um volume de captações acima dos 100 milhões de euros. Da responsabilidade da BPI Gestão de Activos, este apresenta um saldo entre subscrições e resgates desde o início do ano de cerca de 193,7 milhões de euros.

O produto que se segue insere-se na categoria de multiativos e apresenta um saldo de subscrições líquidas no período em questão de mais de 154 milhões de euros. Falamos do Santander Select Moderado, um fundo gerido por Toby Vaughan e que apresenta o selo Blockbuster Funds People. Importa recordar que, no passado mês de setembro, o Santander Select Moderado incorporou os fundos Santander Global e Santander Multiactivos 20-60.

Destaque, ainda, para o Caixagest Obrigações Mais, que apresenta um volume de captações de 150,7 milhões de euros desde o início do ano, sendo um dos quatro fundos a ultrapassar a barreira dos 150 milhões de euros de subscrições líquidas no período em questão.

Os dez produtos com maior volume de captações nos primeiros nove meses do ano

Captura_de_ecra__2017-11-7__a_s_11

Fonte: Morningstar Direct, 30 de setembro; AuM a 31 de outubro

Bankinter 35 PPR com maior crescimento percentual

Lançado no final de outubro de 2017, o fundo de poupança reforma da responsabilidade da Bankinter Gestão de Ativos surge como o produto que maior crescimento percentual apresenta: 1217% desde o início do ano.

Imediatamente a seguir surge o Caixagest Obrigações Mais, que no período em questão apresenta um crescimento percentual de 1137%. O terceiro produto com maior crescimento percentual nos primeiros nove meses do ano é também gerido pela Bankinter Gestão de Ativos. Falamos do Bankinter 20 PPR, um fundo que apresenta um crescimento percentual de 450%.

Os dez produtos com maior crescimento percentual nos primeiros nove meses do ano

Captura_de_ecra__2017-11-7__a_s_11

Fonte: Morningstar Direct, 30 de setembro; AuM a 31 de outubro

Empresas

Notícias relacionadas

Anterior 1 2 Siguiente

O Mais Lido