Tags: Negócio |

Franklin Templeton vai às compras


Já temos oficialmente o primeiro movimento corporativo do ano e quem o protagoniza é a Franklin Templeton Investments. A gestora acaba de anunciar a aquisição da Edinburgh Partners, uma boutique escocesa value fundada em 2003 por Sandy Nairn. A operação é, de certo modo, um regresso às origens, dado que Narin tinha trabalhado previamente na Franklin Templeton, em colaboração direta com John Templeton.

Embora ainda não se tenha revelado o valor acordado entre ambas as partes, a partir da Franklin Templeton informaram que a operação está pendente da aprovação do regulador e que se espera que se complete durante o primeiro semestre de 2018. Também referiram que Nairn se converteu no novo presidente da Templeton Global Equity Group; irá reportar a Stephen Dover, atual responsável de obrigações da Franklin Templeton. Adicionalmente, Nairn mantém-se como sócio e CEO da Edinburgh Partners.

Jenny Johndon, presidente e diretora de operações da Franklin Resources, destacou que a operação “é o último exemplo de como a empresa continua a realizar investimentos estratégicos nas equipas de gestão de ativos relativamente pequenos, mas com muita experiência, que complementam a oferta global da Franklin Templeton”.

O património da Edinburgh Partners ascende aos 10.000 milhões de dólares sob gestão (dados a 31 de dezembro de 2017). A sua equipa é composta por 12 profissionais de investimento, com uma experiência média de 22 anos no comando das quatro estratégias desenvolvidas pela empresa. A boutique destacou-se pelo desenvolvimento de um estilo de investimento global com ênfase em gerar retornos absolutos num horizonte a longo prazo.

Empresas

Notícias relacionadas

Anterior 1 2 Siguiente

O Mais Lido