Financiamento de planos de pensões portugueses com evolução positiva em março


No final de fevereiro estimámos que, caso as avaliações das responsabilidades associadas aos benefícios de longo prazo tivessem sido atualizadas, as empresas portuguesas teriam 2 mil milhões de euros de perdas por financiar (equivalente a aproximadamente 10% do mercado total). Estas perdas estariam ligadas acima de tudo à redução das taxas de juro utilizadas para calcular as responsabilidades associadas a cada plano de pensões.

José Marques_WillisEm março continuámos a assistir a quedas em quase todas as classes de ativos reduzindo significativamente o valor dos fundos de pensões. Por sua vez, vimos as responsabilidades a reverter o seu comportamento dos primeiros dois meses do ano uma vez que as taxas de juro subiram significativamente e causaram assim uma redução das responsabilidades. De acordo com as nossas estimativas, os fundos de pensões tiveram uma redução do seu nível de financiamento de 5%, em média, desde o final de 2019, o que representa uma melhoria relativamente às nossas estimativas de final de fevereiro. Haverá no entanto, uma dispersão significativa neste número, devido às diferentes estratégias de investimento em vigor.

Embora não tenha sido um trimestre fácil nem positivo para os fundos de pensões, é expectável que o mercado português tenha obtido uma das melhores rentabilidades médias da Europa neste primeiro trimestre, uma vez que beneficiou de uma alocação média a ações reduzida, em comparação com a maioria dos restantes países.

Para ajudar a visualizar o impacto da evolução dos mercados, apresentamos abaixo o comportamento dos ativos financeiros e responsabilidades de um fundo de pensões genérico, assumindo que se encontrava inteiramente financiado no início de 2020 (ou seja, ativos financeiros iguais às responsabilidades com pensões).

 

image001

Pressupostos: 15% de cobertura do risco de taxa de juro, 25% de alocação a ações e variação das taxas de desconto em linha com as recomendações centrais da Willis Towers Watson.

Numa altura em que algumas empresas apresentam dificuldades nos seus negócios, é bem-vinda esta evolução positiva no nível de financiamento dos planos de pensões.

Empresas

Notícias relacionadas

Próximos eventos