Tags: Negócio | Europa |

Fidelity fecha parcialmente o FF European Dynamic Growth


A Fidelity International procederá ao encerramento parcial para novos investidores do FF European Dynamic Growth, fundo com Selo Funds People, com dupla classificação (Favorito dos Analistas e Blockbuster), devido ao alto volume de ativos alcançado. A decisão será efetiva a partir do próximo dia 9 de março. O produto, que investe em empresas europeias cujo potencial de crescimento a longo prazo está subvalorizado pelo mercado, é gerido por Fabio Riccelli, que também gere o FF Iberia Fund, fechou 2019 com ativos sob gestão na ordem dos 3.875 milhões de euros, pelo que a empresa decidiu introduzir esta restrição para poder preservar a sua filosofia de investimento.

Este produto obteve em 2019 uma rentabilidade de 39,7% face aos 26% do MSCI Europe (N). Nos últimos anos, a sua rentabilidade média anual foi de 13,5% face aos 6,6% do mesmo índice. Se no futuro o FF European Dynamic Growth Fund reduzir o seu volume para um nível adequado voltará a ser aberto a todos os investidores.

Para os investidores que queiram continuar a investir nas estratégias de Riccelli, a Fidelity propõe a alternativa também liderada por ele, o FAST Europe, um fundo de ações europeias com um viés para empresas de grande capitalização, que superou em rentabilidade o FF European Dynamic Growth Fund desde que Ricelli tomou as rédeas há dois anos e meio.

Empresas

Notícias relacionadas

O Mais Lido