Tags: Lançamentos | ETF |

Fidelity entra no mundo dos ETF


A Fidelity International entra no mundo dos ETF. A gestora, mundialmente conhecida pelas suas estratégias de investimento em ações, vem agora reforçar a sua gama de soluções de investimento para os clientes, através do lançamento de dois ETF smart beta com um enfoque na distribuição de dividendos. Estes produtos,que combinam a experiência em gestão ativa da Fidelity com os elementos sistemáticos do investimento passivo, estão desenhados para satisfazer a procura por rendibilidade por parte dos investidores.

Assim, são lançados os produtos cotados Fidelity US Quality Income UCITS ETF (que investe nos EUA) e ainda o Fidelity Global Quality Income UCITS ETF (que o faz a nível global). Estes ETF vão permitir aos investidores terem exposição a empresas de alta qualidade, e pagam dividendos atrativos com o objetivo de oferecer rendimentos superiores aos produtos que compõem o mercado e, ao mesmo tempo, gerir o risco. Estes produtos apresentam comissões de 0,3%, no caso do fundo que investe nos EUA e de 0,4% no produto global, e começaram a ser cotada a partir do dia 3 de abril na bolsas de Londres (London Stock Exchange) e da Alemanha (Deutsche Börse).

Esta abordagem baseia-se no principio de que as empresas de alta qualidade com lucros e fluxos de caixa estáveis têm mais oportunidades de se destacarem ao longo do tempo. O risco é gerido de forma a que seja mínimo, relativamente à exposição a sectores e a países.

Nick King, responsável pelos ETF da Fidelity International, assegura que a gestora" trabalha sempre para oferecer soluções de investimento excelentes. A procura por estratégia smart beta cresceu durante os últimos anos e espera-ase aumente ainda mais, numa altura em que os investidores estão a procurar produtos diferentes que proporcionem resultados de investimento concretos e a preços competitivos. Trata-se de uma área em que acreditamos que as nossas capacidades de análise e experiência possam trazer valor, e aumentar a gama de opções disponíveis para os nossos clientes".

"Os nossos primeiros fundos cotados smart beta replicam índices criados pela Fidelity e aproveitam a nossa experiência em análise e desenho de carteira. Estamos convictos de que podemos oferecer um produto verdadeiramente diferenciado, combinando a nossa experiência em gestão ativos com os aspectos sistemáticos do investimento passivo".

Segundo explica à Funds People Sebastián Velasco, diretor geral da Fidelity para Portugal e Espanha, tratam-se de estratégias que englobam elementos de gestão ativa que servem para complementar a gama de produtos já existentes, que a gestora coloca à disposição dos investidores. "Os nosso clientes estão a pedir-nos, além da tradicional estratégia ativa, estratégias de gestão passiva que aportem características próprias da gestão ativa, como é o caso dos produtos smart beta e o lógico é oferecermo-nos como provedor de serviços", afirma. O lançamento de ambos os produtos, por parte da Fidelity, realizou-se de forma simultânea em vários páises e tratam-se de estratégias que - segundo Sebastián Velasco - são dirigadas a investidores institucionais (fundos multiativos, fundos de pensões, seguradoras...).

Profissionais
Empresas

Notícias relacionadas

O Mais Lido