Tags: Negócio |

Fed não desilude e cumpre com o anunciado


Com o mercado ainda a digerir os testes de stress à banca Europeia o evento estrela da semana é sem dúvida a reunião de política monetária da Reserva Federal dos Estados Unidos, e foi sem grande alarido que terminou o seu programa de compra de activos indo de encontro ao previamente anunciado, e cumprindo as expectativas do mercado.

Iniciado em 2008 para combater a estagnação da economia Americana, o Fed assume agora que a descida do desemprego teve um papel fulcral na viragem de política monetária. Este assumir de que o emprego é o foco das atenções faz o mercado olhar ainda com mais atenção para os próximos dados relacionados com emprego a serem publicados.

Melhores condições de trabalho, criação de emprego sólida e taxa de desemprego um pouco mais baixa permitem ao Fed terminar o que é considerado por muitos como a maior experiência em termos de política monetária de sempre. Com uma votação de 9 contra 1, a decisão de modificar a política monetária recebeu um amplo apoio e somente o presidente do Fed de Minneapolis votou contra.

Em relação às taxas de juro, o FOMC manteve a frase de que irão manter-se a este nível por um período "considerável de tempo", o que leva alguns analistas a prever a primeira subida para setembro de 2015 e a segunda para janeiro de 2016.

(Foto: Brookingslnst, Flickr, Creative Commons)