Tags: Estilo |

Exposição “A impossibilidade poética de conter o futuro”


Edgar Martins foi o primeiro artista a explorar a Agência Espacial Europeia (ESA). Pela primeira vez a ESA abriu as suas portas e alguém exterior, permitindo que fotografasse e divulgasse as suas instalações e projetos. Edgar Martins explorou instalações localizadas em nove países.

São cerca de 60 fotografias tiradas em centros de testes, departamentos robóticos, simuladores espaciais, plataformas de lançamento ou centros de treino de astronautas. Foi o próprio artista, desde pequeno interessado nestes assuntos, que tomou a iniciativa de propor à instituição este projecto. Durante dois anos, Martins percorreu as instalações da ESA, em países como Reino Unido, França, Alemanha, Espanha, Rússia, Cazaquistão ou Guiana Francesa. 

A exposição pode ser vista de terça a domingo das 10h às 18h.