Tags: Negócio | Ações |

Evolução de fluxos na Europa: sete meses de saídas de fundos UCITS de ações


De novo os investidores optaram por reduzir a sua exposição a fundos de ações em agosto. É o sétimo mês consecutivo de vendas líquidas negativas em UCITS de ações e, de facto, as saídas aceleraram face ao mês anterior. Segundo os últimos dados da EFAMA, enquanto em julho a tendência negativa abrandou as saídas de 900 milhões de euros, em agosto acelerou para 17 700 milhões. Assim, em 2019 já aconteceram saídas de 80 600 milhões de euros.

92e1928f71156d9a

Porém, as vendas líquidas em fundos UCITS mantêm-se positivas em 2019. Agosto fechou com vendas líquidas positivas de 57 000 milhões de euros. Isto significa que no fecho desse mês o computo anual ascendia aos 228 900 milhões.

Mas como vai sendo comum nos últimos meses, este crescimento é sustentado praticamente apenas devido às vendas positivas em UCITS de obrigações. Em agosto entraram em termos líquidos 30 900 milhões de euros. O que eleva a soma a 222 400 milhões de euros. Os monetários também são um apoio. Agosto prolongou o apetite de julho por este tipo de produtos.

Notícias relacionadas

O Mais Lido