Tags: Negócio | ETF | Emergentes | Europa |

Europa, o “sweet spot” dos fundos cotados em julho


Os ETP atraíram um volume de investimento a nível global de 32.000 milhões de dólares ao longo do mês. “A indústria mantém um ritmo saudável e os investimentos desde o início de 2014 estão em linha com os níveis alcançados durante o mesmo período do ano passado. Desde o começo do ano e até à data, o mercado global de produtos cotados está a crescer a um ritmo anualizado de 17%, e o mercado europeu, a 24%. Este ano a indústria de ETP domiciliados na Europa captaram mais de 42.000 milhões de dólares”, assegura Ursula Marchioni, responsável de análise de ETP para a iShares na região EMEA, no último ETP Landscape da BlackRock.

Os dados demonstram que o “sweet spot” esteve no velho continente, ao registar em julho o seu melhor mês desde 2008. A indústria de produtos cotados domiciliados na Europa atraiu um volume de investimento no valor de 10.400 milhões de dólares, e consolidou-se como sendo a região com maior crescimento desde o início do ano, com um incremento de 13% dos ativos (24% anualizado), superando os níveis registados na indústria em 2013. “Julho foi um dos poucos meses em que o sector na Europa acumulou mais de 10.000 milhões de dólares num único mês, tornando-o assim o melhor mês na Europa dos últimos seis anos”, assegura Marchioni.

Os ETP de ações japonesas ganharam força, atraindo 1.500 milhões de dólares, já que o mercado continua a apresentar valorizações atrativas e também porque o otimismo se mantém em relação às medidas de estímulo. O investimento em obrigações alcançou os 2.800 milhões de dólares, ainda que a dívida high yield corporativa tivesse experimentado fluxos líquidos negativos na segunda metade do mês (3.300 milhões), apesar da previsão para as taxas de juro continuar a ser de estabilidade, com o nível de inflação a manter-se baixo.

Marchioni sublinha que as tensões geopolíticas não pareceram afectar o investimento em produtos cotados. “Durante o mês de julho realizaram-se investimentos no valor de 27.000 milhões de dólares em ETP de ações globais e, em muitos casos, os investidores centraram-se em mercados distintos do norte-americano. Os produtos de ações emergentes registaram entradas de dinheiro pelo quarto mês consecutivo. Os novos investimentos alcançaram os 6.300 milhões de dólares em julho, o que – somando ao investimento do princípio de abril – representa um total de 22.100 milhões de dólares”. 

Anexos

Empresas

Notícias relacionadas

O Mais Lido