Tags: Negócio |

‘Eu ZOElétrico…’


Costuma dizer-se que ‘Quem espera sempre alcança’ e pude há dias ter a oportunidade de passar uns breves momentos na companhia do novo Renault ZOE.

Tratando-se de um 100% eléctrico baseado na plataforma do novo Renault Clio, ao primeiro contacto visual as semelhanças são evidentes, se bem que no caso do ZOE haja um aprimorar de linhas, que ao exibirem um perfil mais dinâmico, acabam por resultar num design ainda mais moderno.

A versão ‘Zen’ que pude experimentar, constitui o topo de gama em termos de equipamento, contando com elementos exclusivos como o painel multimédia ‘R-Link ‘ (que integra GPS, câmara de estacionamento, Bluetooth, rádio, etc) ou um difusor interior de fragrâncias.

Com um comprimento de 4.09m, é no entanto 12cm mais alto do que um Clio, notando-se claramente a diferença a partir do momento em que acedemos ao seu espaçoso interior. A sensação desafogada é ainda enfatizada por uma agradável luminosidade interior, para a qual muito contribuem os revestimentos interiores em tons claros.
A construção é sólida, apesar de não contar com plásticos de toque macio no tablier ou revestimentos das portas. Na mala encontramos lugar para 330litros de bagagem.

O motor elétrico do ZOE desenvolve uma potência máxima de 88cv e é alimentado por uma bateria de iões de Lítio com uma capacidade útil de 22KWh. De acordo com dados da marca, com uma carga completa e uma utilização cuidadosa, a autonomia poderá chegar aos 210km, se bem que numa utilização mais ‘descontraída’, o alcance real deverá situar-se entre os 100km em estações frias e os 150km em condições mais amenas.

O ZOE é capaz de acelerar dos 0-100 em 13,5s e atingir uma velocidade máxima limitada a 135km/h, permitindo-lhe igualar, ou até superar, o nível de performance de alguns veículos do seu segmento, equipados com um vulgar motor de combustão.

Bastam poucas centenas de metros ao volante para que a suavidade e o silêncio de rolamento se evidenciem como sendo a característica mais marcante.
O nome ‘Zen’ fala por si, na medida em que nos sentimos tão descontraídos como se estivéssemos ao volante de um…. Spa!

A função ‘ECO’ também se encontra presente para garantir uma gestão eficiente da bateria e um maior cuidado no consumo de energia. Os múltiplos airbags e o controlo de estabilidade (de origem) proporcionam elevados níveis de segurança aos seus 5 ocupantes.

No entanto, nem tudo são rosas e o facto de o ZOE vir equipado com uma ficha de carregamento do tipo ‘Mennekes’, faz com que não seja compatível com as tomadas domésticas, obrigando à instalação adicional de uma ‘Wall-Box’…a qual, e durante um período limitado, tem a sua instalação oferecida pela Renault.

Com preços a partir de 23.075€ para esta versão ‘Zen’, há que contar ainda com o custo mensal relativo ao aluguer das baterias, o que no caso do ZOE, e para um contrato de 36 meses, com uma quilometragem média anual de 12.500km, orçará em cerca de 79€/mês.

Agradecimento à VESAUTO – Venda Seca, pela cedência do Renault ZOE.

O Mais Lido