Tags: Alternativos |

Estão são as 30 cidades com as melhores perspetivas no mundo


Los Angeles foi reconhecida como a cidade global mais destacada na terceira edição do Índice Global Cities 30 da Schroders, seguida por Londres, que ficou em segundo lugar. As grandes cidades norte americanas dominaram o índice e ocuparam 18 dos 30 postos principais, incluindo quatro dos cinco primeiros. Los Angeles subiu do sexto para o primeiro lugar, enquanto Boston registou uma das subidas mais notáveis no índice ao passar do 24º para o terceiro lugar. Chicago ascendeu do décimo ao quarto lugar, e Nova Iorque, a cidade mais povoada dos Estados Unidos, manteve-se em quinto.  

O Índice Global Cities 30 da Schroders, realiza-se com base numa série de fatores, como as perspetivas de crescimento económico, o rendimento disponível durante a próxima década e o número de habitantes. Nesta última edição do índice, está incluído um novo fator de análise com base na classificação das universidades e que acabou por ser o principal catalisador das subidas ou descida das cidades no ranking.

Segundo Hugo Machin, corresponsável por títulos imobiliários globais, “o Índice Global Cities da Schroders evolui constantemente, à medida que se analisam novos fatores e ponderações. Isto é fundamental para garantir que identificamos as melhores economias urbanas, que são aquelas que têm a capacidade de fornecer umas rentabilidades de investimentos superiores”.

Não surpreendendo, as cidades da costa Oeste dos Estados Unidos são as mais beneficiadas pela incorporação do fator de classificação universitária no índice. As universidades são um elemento crucial para impulsionar a economia das cidades. A inovação e a educação geram trabalhadores mais capacitados e produtivos. Os centros urbanos baseados no conhecimento estão a fortalecer a sua posição económica, o que tem um efeito favorável nos seus mercados imobiliários.

Los Angeles subiu no ranking até alcançar o primeiro lugar. O tamanho e a diversidade da economia desta cidade fazem com que seja um local atraente para trabalhar e viver. Um dos principais pontos fortes da economia de Los Angeles é que apresenta uma ampla diversificação em diferentes setores, como os serviços financeiros, os meios de comunicação, o comércio e a tecnologia. Mais concretamente, o setor tecnológico cresceu de forma notável nos últimos anos. Isto não só impulsionou a procura por espaços para escritórios, mas também de imóveis residenciais, em grande parte devido ao aumento da contratação da Millennials.

As cidades chinesas mantêm excelentes posições, e Shangai e Pequim figuram entre os dez primeiros postos. Shenzen, apesar de ganhar terreno com a economia baseada no conhecimento, não conta com uma educação superior tão bem classificada como a das outras cidades chinesas melhor situadas.

“Londres subiu até ao segundo lugar. Continuamos a pensar que esta cidade conta com uma vantagem competitiva em termos de localização, de idioma, de tamanho, de infraestruturas e de diversidade cultural. Além disso, se considerarmos a importância das suas universidades a nível mundial, Londres continua a ser uma das cidades preferidas para investir”, afirma Machin.

Abaixo segue a ranking das 30 cidades incluídas no ranking das Schroders:

Ranking Cidade País
1 Los Angeles Estados Unidos
2 Londres Reino Unido
3 Boston Estados Unidos
4 Chicago Estados Unidos
5 Nova Iorque Estados Unidos
6 Hong Kong China
7 Houston Estados Unidos
8 Melbourne Australia
9 Singapura Singapura
10 Shangai China
11 Pequim China
12 São Francisco Estados Unidos
13 Seattle Estados Unidos
14 Sidney Austrália
15 São José Estados Unidos
16 Paris França
17 Atlanta Estados Unidos
18 Toronto Canadá
19 Washington Estados Unidos
20 Dallas Estados Unidos
21 Tóquio Japão
22 Brisbane Austrália
23 San Diego Estados Unidos
24 Shenzhen China
25 Filadelfia Estados Unidos
26 Baltimore Estados Unidos
27 Miami Estados Unidos
28 Cidade de México México
29 Mineápolis Estados Unidos
30 São Paulo Brasil
Empresas

O Mais Lido