Esta semana vou estar de olho... nos EUA, mais propriamente na próxima reunião da Fed


(O contributo desta semana é da autoria de Carlos Pinto, gestor da Optimize IP.)

Esta semana vai ser marcada pela reunião da Fed a ter lugar no dia 9 e 10 junho. Aguardo com alguma expectativa a eficácia que os fortes estímulos económicos estão a ter na mitigação do abrandamento económico. Estímulos muito prontamente implementados de forma concertada com o governo americano distribuindo 2.5 T USD, para financiar e subsidiar diretamente a população e as empresas. Por sua vez a Fed, reduziu a taxa de juro de 1.25% para 0.25%, e anunciou a injeção de 3 Triliões de dólares para compras de ativos até ao final deste ano, que incidem sobre a compra de dívida soberana e corporativa de Investment Grade e High Yield ou especulativa. Segundo os últimos dados do emprego, o país enfrenta um desemprego galopante, atingido já 19.6%, valores não observados desde a grande depressão. Para agravar, os EUA enfrentam fortes manifestações, após o assassinato do George Floyd, despertando uma forte revolta da população contra a discriminação racial. Para além das consequências nefastas destes eventos, estas aglomerações ameaçam uma segunda vaga na propagação do vírus.

Portanto, a próxima reunião é aguardada com bastante expectativa para avaliar a necessidade de uma aceleração e/ou reforço dos estímulos monetários. Não obstante, os montantes dos estímulos referidos, já representam aproximadamente 12% e 15% respetivamente do PIB americano, o que por enquanto compensa a queda do PIB prevista para este ano, projetada em 5.9%.

Profissionais
Empresas

Notícias relacionadas

Anterior 1 2 Siguiente