Tags: Ações |

Esta semana vou estar de olho... na capacidade de “ressurreição” dos mercados na Semana Santa


(O 'Esta semana vou estar de olho em...' desta semana é da autoria de João pisco, analista de mercados financeiros no Bankinter Portugal)

medium_Captura_de_ecra__2017-06-22__a_s_17Depois do forte sell-off da semana passada, despoletado pelo agravamento das tensões comerciais entre EUA e China, esta semana importa perceber se os fundamentais de mercado  mudaram ou não e em que medida. Os dados macroeconómicos convencionais irão ficar para segundo plano e os investidores procuram “digerir” a decisão de Trump em aplicar taxas aduaneiras às importações de produtos chineses. O presidente norte-americano já tinha revelado, por várias vezes, a sua intenção de reduzir o défice comercial com a China, mas só agora atuou. A expetativa de retaliações por parte da China está a assustar os investidores, que temem uma onda de protecionismo a nível global.

Perante este contexto, deveremos ter uma semana na qual os investidores irão tentar, por um lado, obter visibilidade acerca de potenciais represálias por parte da China e, por outro, perceber se as quedas registadas nas principais praças bolsistas na semana passada representam uma inversão da tendência dos mercados ou uma correção pontual. Na nossa opinião, podemos estar perante um período relativamente longo de fragilidade nos mercados, com as ações “paradas” e sem capacidade para recuperarem depois deste recente golpe. Além do risco de guerra comercial, que passou a ser real na semana passada, temos ainda o setor tecnológico numa posição mais vulnerável, sob a mira dos reguladores depois da fuga de dados do Facebook. A tudo isto junta-se o facto de as bolsas já apresentarem sinais de cansaço… Para já, nesta que é a Semana Santa, ficaremos de olho na capacidade de “ressurreição” dos mercados, o que nos poderá dar um bom indício acerca da sua solidez e resiliência a médio prazo.”

Profissionais

Notícias relacionadas

Anterior 1 2 Siguiente