Tags: Ações |

Está a considerar vender as suas ações: pense duas vezes!


Desde a decisão do Brexit, a volatilidade aumentou nos mercados financeiros. Por isso, muitos investidores estão a considerar se é melhor vender as suas ações ou fundos de ações e esperar por melhores tempos. “Mesmo que esta reação seja muito compreensível, é a pior decisão que pode tomar um investidor se examinarmos as rentabilidades”, assegura Carsten Roemheld, estratega de mercados financeiros da Fidelity International. “As rentabilidades relativamente elevadas que um investimento em ações pode gerar, resultam de um número reduzido de sessões de mercado com elevadas valorizações. Como ninguém é capaz de prever quais serão essas sessões, em termos gerais faz mais sentido permanecer investido ao longo dos diferentes ciclos de mercado. Isso porque qualquer dos melhores dias de mercado que se perca terá impacto na rentabilidade a longo prazo. O tempo é mais importante que o oportunismo quando se trata de investimentos em ações”.

Uma análise a longo prazo dos preços de ações da Europa mostra que um investidor que tivesse investido 1.000 euros no MSCI Europe quando foi introduzido o euro em 31 de dezembro de 1988, teria gerado 1.992 euros até 31 de maio de 2016; portanto, o investidor quase que teria duplicado o seu capital. No entanto, se este investidor tivesse perdido os 10 melhores dias de mercado nesse período, só teria gerado 1.023 euros. Sem os quarenta melhores dias, ficaria com apenas 324 euros do capital inicial.

“A volatilidade é um elemento natural dos mercados financeiros e é o preço que pagam os investidores pela rentabilidade superior a longo prazo das ações em comparação com outras classes de ativos. Portanto, continua a ser necessário que os investidores mantenham a cabeça fria durante as fases de volatilidade do mercado bolsita e se abstenham de atuar precipitadamente. Prever o momento correto de entrada ou saída, e comprar ou vender de acordo com essa previsão, é uma estratégia condenada ao fracasso. É muito mais importante estar investido no longo prazo. O motivo, é que se o investidor perde a subida dos preços, a rentabilidade do seu investimento reduz-se substancialmente”, comenta Roemheld.

Captura_de_ecra__2016-07-13__a_s_19

Empresas

Notícias relacionadas

O Mais Lido