Espirito Santo Investment Bank participa hoje no IPO Summit de Varsóvia


A terceira edição do IPO Summit reúne investidores e emitentes de todo o mundo num fórum de discussão sobre a economia e investimento globais e o posicionamento da Polónia no mercado Europeu e sua importância como economia emergente. Entre os principais parceiros estão reconhecidos bancos de investimento como o UBS, J.P. Morgan, ING, Deutsche Bank e o Espirito Santo Investment Bank (BESI). Da entidade portuguesa estarão presentes José Martins Soares, head of emerging markets research, e Tara Cemlyn-Jones, head of Eastern Europe, Middle East and Africa Capital Markets.

O mercado polaco tem uma importância crucial para a estratégia do Espirito Santo Investment Bank, onde estamos presentes desde 2007. A nossa equipa de 'equity research' da Europa Central, com sede em Varsóvia, cobre 51 'stocks' nos principais sectores além de analisar mensalmente os fluxos de fundos de investimento e fundos de pensões na Polónia. No global, os nossos analistas cobrem também os mercados brasileiro, indiano e sul-africano, este através de uma parceria, existindo intenções de expansão para outros mercados”, explica José Martins Soares que salienta a gradual evolução de abordagem base 'top-down' para uma 'bottom-up' como consequência da maior atenção dada ao crescimento das economias emergentes.

Actualmente estas representam um terço do PIB mundial, prevendo-se que em 2016 representem metade da economia mundial. No caso da Polónia, nos últimos dez anos, um total de 51 empresas estrangeiras passarão a estar cotadas ‘Warsaw Stock Exchange’ convertendo-se esta na maior bolsa da Europa do leste. “Todos sabemos que o capital segue o crescimento, ou seja, somos grandes defensores do potencial de crescimento do nosso negócio aliado ao potencial dos mercados emergentes, como a Polónia, nos quais trabalhamos”, sublinha José Soares.

O empenho e compromisso dos investidores para com o mercado polaco serão reconhecidos através da entrega de prémios em três categorias diferentes a fundos que investem em mercados emergentes: melhor fundo nacional (polaco), melhor fundo estrangeiro e melhor fundo alternativo. Além deste será entregue o “The Bridge Award 2013” que homenageia os esforços dos investidores que permitiram colocar a Europa Central e Oriental numa posição muito forte no mapa de investimentos do mundo. Os nomeados para este prestigiado prémio são os fundos internacionais da BlackRock, Franklin Templeton Investment e Government of Singapore Investment Corporation (GIC).

Profissionais
Empresas

Notícias relacionadas

O Mais Lido