ESAF tem três dos maiores fundos portugueses


Os dez fundos que apresentam maior volume, no final do mês de Junho, pertencem a categorias mais conservadoras. Os fundos especiais de investimento (FEI) de curto prazo lideram, seguindo-se os Tesouraria Euro e os FEI de Obrigações. O 'ranking' dos dez maiores fundos portugueses totaliza um volume de 7.820,8 milhões de euros, tendo este descido 2% relativamente a Maio, segundo dados da CMVM. 

Assim, no final de Junho, o Fundo Espírito Santo Liquidez, gerido pela ESAF, manteve-se como o fundo de investimento mobiliário de maior dimensão, com um aumento de 8,2% no valor patrimonial face ao mês anterior para 1.824,1 milhões de euros.

Desta sociedade gestora, constam ainda nos dez maiores fundos portugueses (em nono e décimo lugares) o Espírito Santo Rendimento e Espírito Santos Plano Dinâmico cujos patrimónios ascendem aos 350,6 e 306,2 milhões de euros, respectivamente. 

O segundo maior fundo pertence à mesma categoria, fundos especiais de investimento de curto prazo, sendo gerido pela Caixagest. O Caixa Fundo Monetário tem um património de 605,4 milhões de euros e registou uma variação mensal de 1,2% relativamente a Maio deste ano. 

O Banif Gestão Passiva ocupa o terceiro lugar no 'ranking' dos dez maiores fundos portugueses com 585,6 milhões de euros, embora tenha sofrido um ligeiro recuo (-0,1%) no seu valor mensal comparativamente ao mês anterior, indicam dados da CMVM relativos a Junho. 

Seguem-se, em quarto e quinto lugares, os fundos Caixagest Liquidez e BPI Monetário Curto Prazo com 472,5 milhões de euros e 457,9 milhões de euros, respectivamente.  

Na sexta posição está o fundo Santander Multiobrigações com 369,6 milhões de euros sob gestão. O fundo Millennium Extra Tesouraria III apresenta o sétimo maior volume (366,8 milhões de euros) entre os fundos mobiliários nacionais. O produto poupança reforma gerido pela BPI Gestão de Activos e que se insere na categoria C (entre 15% e 35% alocado a acções), BPI Reforma Investimento, tem 365,5 milhões de euros sob gestão, sendo o oitavo fundo português com maior património.  

Empresas

Notícias relacionadas

O Mais Lido