Tags: Negócio |

ESAF com maior aumento no valor sob gestão discricionária


O valor das carteiras sob gestão discricionária totalizou 50,2 mil milhões de euros no final de Outubro, o que representa um aumento de 1,3% relativamente ao mês anterior, apesar de relativamente ao início do ano e ao período homólogo de 2011 o montante apresentar uma descida de 0,8% e 6,9%, respectivamente.

De acordo com o relatório de Outubro da APFIPP sobre gestão de patrimónios, o maior contributo para o aumento mensal, de 620,7 milhões de euros em termos absolutos, pertenceu à ESAF – GP; a gestora foi a que mais cresceu face a Setembro, com o valor absoluto a subir 325,8 milhões de euros (ou 5,7%), para 6,06 mil milhões de euros. Face ao início do ano, o valor é inferior em 18,1%.

A ESAF – GP ocupa o terceiro lugar entre as sociedades com maior volume de activos sob gestão, atrás de Caixagest, que lidera com 18,35 mil milhões de euros (crescimento mensal de 1,0% e desde o começo de 2012 de 10,1%), e de F&C Portugal, cujo valor sob gestão discricionária se situa em 13,99 mil milhões de euros (subida de 0,4% face a Setembro e em queda de 3,5% este ano).

A sociedade gestora do grupo CGD é a que apresenta maior crescimento em valores absolutos desde o início de 2012, 1,68 mil milhões de euros, enquanto o aumento percentual mais acentuado pertence à Dunas Capital – Gestão de Activos, com 59,8% (3,2 milhões de euros), de acordo com o relatório mensal da APFIPP sobre gestão de patrimónios.

 

Empresas

Notícias relacionadas

O Mais Lido

Próximos eventos