Eis o fundo com melhor rentabilidade em 2017


Terminado o ano de 2017, é tempo de retroespectiva e de perceber que produtos nacionais registaram o melhor desempenho no ano passado, esse que foi um ano de recuperação económica para Portugal. O bom momento da economia nacional foi transversal ao longo do ano, sendo que, embora com alguns contratempos, o principal índice acionista português beneficiou deste contexto, tendo valorizado 19,55% em 2017.

Captura_de_ecra__2018-01-2__a_s_16

Fonte: Bloomberg, 2 de janeiro de 2018

Os grandes vencedores

Dito isto, recorrendo aos dados disponíveis na plataforma Morningstar Direct, é possível afirmar que o grande destaque do ano passado foram os fundos de ações nacionais. Isto porque dos seis produtos mais rentáveis, cinco investem diretamente no mercado acionista nacional. No entanto, entre estes seis fundos, encontramos um veículo de investimento em ações ibéricas.

Assim, a melhor rentabilidade de 2017 pertence ao Santander Acções Portugal, que alcançou os 24,63% de ganho. De acordo com os dados relativos a novembro de 2017 disponíveis na ficha mensal do fundo gerido por Dolores Solana, este detinha um património sob gestão de cerca de 86 milhões de euros e uma carteira cujas cinco maiores posições incluíam nomes como BCP, Galp Energia, Navigator, Altri e Sonae.

A segunda melhor rentabilidade do ano foi obtida por outro fundo da responsabilidade da Santander Asset Management, o Santander PPA, com 24,34%. A sua carteira é bastante semelhante à do produto anterior, gerindo um volume de ativos de cerca de 1,41 milhões de euros.

O terceiro melhor produto do ano foi o Invest Ibéria, um fundo gerido por Paulo Monteiro, e que detém um património sob gestão de 6,98 milhões de euros. O fundo de ações ibéricas da responsabilidade da Invest Gestão de Activos obteve uma rentabilidade de 23,33% e em carteira apresenta nomes como Telefonica,  BCP, Banco Santander, NOS e Distribuidora Internacional de Alimentación.

Fora do pódio mas também com uma rentabilidade superior a 20%, encontramos os fundos de ações nacionais NB Portugal Ações, o IMGA Ações Portugal e BPI Portugal. Nesta lista restrita figura ainda o Caixagest Acções Emergentes, o único produto cujo foco de investimento não é o mercado acionista nacional ou ibérico a ultrapassar o marco dos 20% de rentabilidade.

Os 20 fundos mobiliários nacionais com melhor rentabilidade em 2017

x

Fonte: Morningstar Direct, 31 de dezembro 2017

Profissionais
Empresas

Notícias relacionadas

Anterior 1 2 Siguiente