Educação financeira para os mais pequenos


O que acha dos seus filhos terem acesso a uma educação orientada para as finanças e economia desde o 1º ciclo? Porque, por vezes, "em casa de ferreiro espeto de pau", lembramos-lhe a importância dos mais pequenos iniciarem desde cedo a compreensão dos conceitos financeiros.

Recentemente, foi lançado o terceiro caderno de literacia financeira cuja finalidade é apoiar professores e alunos na implementação dos temas definidos no Referencial de Educação Financeira para o 3º ciclo de ensino básico. Os cadernos de educação financeira para o primeiro e segundo ciclos também já se encontram disponíveis para leitura.

Esta iniciativa resulta de uma parceria estabelecida, no âmbito do Plano Nacional de Formação Financeira, tendo como supervisores financeiros o Banco de Portugal, Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões e Comissão do Mercado de valores, o Ministério da Educação (Direção-Geral da Educação) e quatro associações (APB – Associação Portuguesa de Bancos; a APS – Associação Portuguesa de Seguradores; a APFIPP – Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Património e a ASFAC – Associação de Instituições de Crédito Especializado).

O Mais Lido