Tags: Gestores |

“É possível obter rentabilidades atractivas apostando na bolsa portuguesa”


Actualmente, o fundo segue com uma rendibilidade anualizada de -19,99% este ano e de -33% a 12 meses (no final de Maio), de acordo com os dados da APFIPP, acompanhando a tendência negativa do PSI 20. Uma tendência que não deverá mudar até final do ano. “Face ao actual contexto europeu e mundial, e ao facto de todas as previsões apontarem para um crescimento negativo da economia portuguesa durante 2012, é pouco provável que o PSI-20 termine o ano com um desempenho positivo, e o fundo irá forçosamente replicá-lo”, refere fonte oficial da sociedade gestora.
No entanto, salienta, “as correcções introduzidas na economia pelo plano de austeridade e as medidas de apoio da União Europeia deverão gradualmente surtir efeitos, e Portugal retomará a rota do crescimento económico; nesse sentido, o mercado bolsista nacional atingirá um ponto de viragem, a que o fundo responderá com rentabilidades atractivas, à semelhança do que aconteceu em 2006 e 2009”.
Esses foram os melhores anos em termos de desempenho do BBVA PPA; em 2006 a rendibilidade rondou os 32% e em 2009 situou-se em 37,45%. A razão para tal “prendeu-se com o facto de terem sido períodos em que o PSI 20 “apresentou um comportamento francamente positivo e revelador de uma boa dinâmica das principais empresas cotadas na bolsa nacional”.
Com base nestes números, a mesma fonte sublinha que “é, de facto, possível obter rentabilidades muito atractivas apostando na bolsa portuguesa em contexto de crescimento económico”.
E foi também essa perspectiva que esteve na base da constituição do fundo, em 1997. “Ao apostar na replicação deste índice o fundo BBVA PPA apostou na desempenho da bolsa portuguesa e, neste sentido e assumindo o nível de risco inerente a um fundo de acções, o fundo ofereceu aos participantes uma forma eficiente de investir num cabaz diversificado de acções, representativo da dinâmica da economia portuguesa como um todo, permitindo-lhes tirar partido das oportunidades que a bolsa portuguesa pode oferecer”, salientou a referida fonte.

Notícias relacionadas