Tags: Negócio |

Dois fundos da Caixagest em destaque nas captações desde o início do ano


Os primeiros nove meses do ano não têm sido constantes no que aos ativos sob gestão dos fundos mobiliários diz respeito. Num ano que começou com alguma volatilidade para os mercados, pode dizer-se que os ativos geridos pelo conjunto de fundos mobiliários têm-se movido de forma intercalada: ora com subidas, ora com quedas.

Nove meses volvidos desde o início do ano, são 20 os fundos mobiliários que conseguem um saldo entre subscrições e resgates superior a 10 milhões de euros, enquanto que acima da barreira dos 20 milhões o número de fundos encurta para metade. Analisando precisamente o conjunto de produtos que passam este patamar de subscrições líquidas nos primeiros nove meses do ano, há que destacar a preponderância de uma categoria em específico: a de cautious allocation. Dados da Morningstar de final de setembro (complementados com dados da APFIPP) mostram que desta lista de 20 fundos, oito pertencem a esta categoria.

Dois fundos da Caixagest no comando

Precisamente pertencente à categoria cautious allocation é o fundo que mais capta desde que pusemos o pé em 2018. Falamos de um fundo da gama Seleção da Caixagest – o Caixagest Seleção Global Moderado – que soma 90,3 milhões de euros de entradas líquidas no período. Com 468,7 milhões de euros de montante gerido, este fundo já é o sexto maior do mercado nacional.

Aquele que é o maior fundo de ações do mercado, o Caixagest Ações Líderes Globais, aparece no segundo lugar deste ranking. O fundo de ações large cap com um estilo blend da entidade arrecadou mais de 80,2 milhões de euros desde o início do ano.

A IMGA é a entidade que se destaca logo em seguida. Embora com cinco fundos nesta análise, o IMGA Euro Taxa Variável e o IMGA Alocação Conservadora são o terceiro e o quarto fundo com maiores entradas de dinheiro nos primeiros nove meses do ano, captando cada um deles cerca de 51 milhões de euros no período.

Fundos que captam acima dos 10 milhões de euros desde o início do ano

Captura_de_ecra__2018-10-18__a_s_15

Fonte: Dados Morningstar Direct final de setembro e APFIPP.
Empresas

Notícias relacionadas

O Mais Lido