Tags: ETF |

Diversidade e investimento: as preferências do segmento de ETF no mês de agosto


A lista de ETFs mais negociados por parte dos clientes do ActivoBank e do Banco Best durante o mês de agosto sugere a procura por estratégias focadas em regiões ou sectores em particular. De facto, esta é, precisamente, a ideia destacada por Bruno Pinhão, do ActivoBank, referindo que “os investidores optaram pela diversidade como estratégia principal para investir em ETF, dada a tomada de posições sobre os mais diferentes sectores”. Não obstante, outras características também fizeram parte das preferências dos clientes da entidade, como é o caso da “valorização do mercado e a alavancagem a 3X”.

Quanto aos clientes do Banco Best, Rui Castro Pacheco, diretor adjunto de investimentos, faz questão de destacar que se continuam a verificar “reduzidas transações em índices de obrigações”, tendo-se observado a presença de apenas um produto deste tipo no top do mês de agosto. Trata-se do iShares $ Treasury Bond 1-3yr, produto que “procura seguir um índice de dívida americana com maturidades entre 1 e 3 anos, cotado em EUR”, explica o profissional.

Já no que respeita aos ETF sobre índices de ações, e ao contrário do registado nos últimos meses, não se registou a presença de qualquer ETF que siga o índice global de ações, “tendo os clientes preferido regiões ou sectores mais específicos”, revela Rui Castro Pacheco.

Assim, no caso dos primeiros, são várias as regiões em destaque. A Europa é uma delas, com a presença do iShares STOXX Europe Select Dividend 30, “que segue as 30 empresas europeias com maior e mais sustentável distribuição de dividendos”, e do iShares MSCI Europe, “que segue genericamente o índice das maiores empresas europeias”. Segue-se o mercado japonês e americano, com o iShares MSCI Japan na versão EUR Hedged e o Vanguard S&P 500, “que seguem os índices das maiores empresas japonesas e americanas, respetivamente”. Os mercados emergentes estiveram também em evidência, tendo em conta a procura por um produto focado em empresas da Formosa, o iShares MSCI Taiwan, e por outro mais genérico, o iShares MSCI Emerging Markets.

Por fim, do lado dos ETF que seguem índices sectoriais, destaca-se a presença de um produto “que procura seguir o desempenho de empresas ligadas à automação e robótica”, o Robo Global™ Robotics and Automation. Para além deste, verificou-se a preferência por um índice ligado ao desempenho das empresas que investem no sector da água, o Lyxor World Water, e outro que segue o desempenho de empresas ligadas ao sector do ouro, o VanEck Vectors Gold Miners.

Profissionais
Empresas

Notícias relacionadas