Subscrições nos primeiros seis meses do ano: cautela dos investidores em destaque


Os primeiros seis meses do ano revelaram-se um pouco inconstantes para o mercado financeiro. Tendo em conta este contexto, que fundos se terão comportado melhor no que toca às suas entradas líquidas de dinheiro? Foi o que procurámos saber, recorrendo aos dados disponibilizados pela Morningstar. 

O IMGA Euro Taxa Variável é o campeão das subscrições líquidas desde o início do ano, apresentando um valor de 66,54 milhões de euros. Tendo como maiores posições o UBS Float (2,43%), a EDP Finance (2,14%), o Lloyds Banking Group Float (2,12%) e o Bank of America (2,07%) trata-se de um fundo de obrigações. Gerido por Ana Aguiar e co-gerido por Aitor Zubeldia, o produto gere cerca de 207 milhões de euros em ativos sob gestão. É ainda classificado com o selo Blockbuster pela Funds People.

Com subscrições líquidas de 56,19 milhões de euros desde o início do ano, o Caixagest Seleção Global Moderado é o segundo fundo a constar da tabela. Sendo um fundo multiativo investe maioritariamente em obrigações (42,77%), no entanto, investe também em grande medida em ações (36,78%). Mostra uma clara preferência pela região norte-americana, representando esta 53,06% da sua carteira. O sector da tecnologia é o que mais destaque tem, estando 21% da carteira investido em empresas desta área. Partilha o mesmo selo Blockbuster com o fundo anterior.

O terceiro fundo que mais captou foi outro fundo da gama da IMGA – o IMGA Alocação Conservadora –, alcançando um subscrições líquidas de 46,14 milhões de euros desde o início do ano. Classificado com o selo Blockbuster pela Funds People, tem como gestores Pedro Vieira e Fernando Nascimento. Gerindo um património de 503, 38 milhões de euros, investe grande parte em obrigações (49,66%).

O Caixagest Obrigações Mais ocupa o quarto lugar, com subscrições líquidas de 39,33 milhões de euros. Tem cerca de 252 milhões de euros em ativos sob gestão e tem a classificação de Blockbuster pela Funds People.  As suas maiores posições contam com nomes como o SBAB Bank (1,58%), o Giencore France (0,83%) e a Legrand (0,79%).

O Caixagest Seleção Global Defensivo encerra o top 5, com subscrições líquidas de 38,12 milhões de euros, desde o início do primeiro semestre. Com um património de 193,04 milhões de euros, é classificado com o selo Blockbuster pela Funds People. Investe maioritariamente no sector tecnológico (20,48%) e nos serviços financeiros (17,36%). Aposta consideravelmente na região dos Estados Unidos que representa 52,16% da sua carteira.

Como é visível na tabela abaixo, sublinha-se o interesse dos investidores por categorias mais defensivas: cinco são fundos pertencentes à categoria cautious allocation, e dois de fixed income. 

Captura_de_ecra__2018-08-17__a_s_17

Fonte: Morningstar Direct

Notícias relacionadas

Anterior 1 2 3 Siguiente