Tags: Ações |

Desempenho das empresas portuguesas cotadas em 2016


Segundo dados do Relatório Anual divulgado pela CMVM, em 2016, foram 33 as empresas cotadas que contabilizaram resultados líquidos positivos, mais três do que no ano anterior. Relativamente aos lucros obtidos pelas empresas portuguesas, cotadas em mercado regulamentado, tiveram aumentos de 24,3% face ao período homólogo, aumento esse que registou valores superiores nas empresas não financeiras (26,4%). Essas subidas dos lucros das empresas cotadas “consubstanciou-se numa melhoria da rentabilidade dos capitais próprios, mais expressiva nas empresas que integram o índice PSI20 e entre as não financeiras”, afirma a CMVM.

No entanto, ainda que tenha havido um reforço dos capitais próprios, assistiu-se à diminuição do número de empresas que distribuem dividendos relativos ao exercício de 2016 e à redução do respetivo montante. Redução essa que, em termos relativos, foi superior entre as empresas de menor dimensão e liquidez, enquanto as do setor financeiro continuaram com essa distribuição de dividendos.

O payout ratio, a parcela dos resultados líquidos distribuída sob a forma de dividendos, apresentou uma evolução em queda para a globalidade das empresas. O mesmo aconteceu com as empresas que apresentaram resultados líquidos positivos. Paralelamente, também se observa uma diminuição do dividend yield, transversal aos diversos grupos de empresas.

444

Notícias relacionadas