Decréscimo no valor dos ativos sob gestão dos fundos imobiliários nacionais


Depois da subida registada no final do mês de agosto, os fundos imobiliários nacionais voltam a ver o volume de ativos sob gestão a decrescer. De acordo com os dados publicados pela Comissão do Mercado de Valores Mobiliários relativos ao passado mês de setembro, o valor dos ativos geridos pelos fundos de investimento imobiliário (FII), fundos especiais de investimento imobiliário (FEII) e fundos de gestão de património imobiliário (FUNGEPI) fixou-se nos 10.840,3 milhões de euros, o que representa uma queda de 50,2 milhões de euros (0,46%) em comparação com o mês anterior.

Captura_de_ecra__2018-10-17__a_s_15

Fonte: CMVM

Nota, ainda, para a liquidação de dois fundos especiais de investimento imobiliário, o Mercapital – Fundo Especial de Investimento Imobiliário Fechado, gerido pela Imofundos, e Fundo Especial de Investimento Imobiliário Fechado Maia Golfe, cuja gestão estava a cargo da Fundger. No mesmo período foi ainda liquidado o Logística e Distribuição, um fundo de investimento imobiliário da responsabilidade da Norfin.

Para além destas liquidações, o mês de setembro ficou marcado pela transferência da gestão dos fundos de investimento imobiliário fechados Fundigroup e Imovedras da Fundger para a Silvip, e do fundo especial de investimento imobiliário fechado Eminvest da Interfundos para a Lynx AM.

Investimento com movimentos distintos nos vários segmentos

Relativamente ao montante investido por parte dos fundos de investimento imobiliário, este manteve-se praticamente inalterado, tendo recuado 1,9% do lado dos FEII (fixando-se nos 2-525,9 milhões de euros) e aumentado 0,1% do lado dos FUNGEPI (tendo o investimento ascendido a 489,8 milhões de euros).

Captura_de_ecra__2018-10-17__a_s_15

Fonte: CMVM

Os países da União Europeia continuaram a ser o destino da totalidade do investimento em ativos imobiliários, sendo que, no caso dos FII e FEII abertos, 43,7% da carteira foi aplicada em imóveis do sector dos serviços. Já 44,2% dos investimentos realizados por parte dos FUNGEPI foram aplicados ao sector do comércio.

GNB e Square AM aumentam a quota de mercado

Do lado das quotas de mercado das entidades gestoras de fundos imobiliários, o destaque vai para a GNB e para a Square AM, tendo sido as únicas, entre as cinco principais casas gestoras, a registar um aumento da sua quota de mercado no mês de setembro.

Captura_de_ecra__2018-10-17__a_s_15

Fonte: CMVM

Empresas

Notícias relacionadas

Anterior 1 2 Siguiente