Tags: Obrigações | Ações | Europa | EUA |

Dados de inflação e PIB dominam semana


 

A semana começa com a divulgação dos dados da produção industrial na China (Abril) e do índice de preços no consumidor em Portugal, referentes ao mês passado.

No dia seguinte é conhecida, na Alemanha, a inflação relativa a Abril, e o índice de sentimento económico Zew (Maio), que também é divulgado para a Zona Euro. Na região são ainda divulgados os números da produção industrial, referentes a Março. Divulgam resultados empresas como Merck, Vivendi, EADS e Banco Popolare.

Para meio da semana está agendada a publicação dos dados do Produto Interno Bruto (PIB) do primeiro trimestre para Zona Euro, Alemanha e França, sendo que neste último serão também conhecidos os números da inflação, relativos a Abril. Nos Estados Unidos está prevista a publicação do índice de actividade industrial de Nova Iorque (Maio), os preços na produção (Abril), a produção industrial (Abril) e as reservas de petróleo na semana terminada a 10 de Maio. Apresentam contas empresas como a RWE e a Cisco Systems. Em Portugal, o INE divulga as contas trimestrais (estimativa rápida) relativas aos primeiros três meses do ano, e o Banco de Portugal publica o boletim oficial.

Na quinta-feira, o Japão apresenta os números do PIB (primeiro trimestre) e da produção industrial (Março) e para a Zona Euro são conhecidas a inflação (Abril) e a balança comercial (Março).  Os Estados Unidos publicam o índice de preços no consumidor (Abril), os novos pedidos de subsídio de desemprego (na semana terminada a 11 de Maio) e o indicador de actividade industrial de Filadélfia, relativo a Maio.

Para o último dia da semana está agendada a divulgação do índice de confiança dos consumidores, da Universidade de Michigan, referente a Maio, e dos indicadores de conjuntura, pelo Banco de Portugal.

Quanto a leilões de dívida pública, Itália realiza três logo na segunda-feira, dia em que também vão ao mercado Alemanha e França. Na terça-feira há uma emissão de Espanha e na quarta dois leilões de bilhetes do Tesouro de Portugal,  dia em que a Alemanha volta ao mercado. Na quinta a França volta a emitir dívida.

O Mais Lido