Tags: Negócio |

CTT foi o título que mais cresceu dentro das carteiras dos OICVM


O valor sob gestão dos organismos de investimento colectivo, em setembro, conseguiu um avanço de 0,7% face agosto, totalizando 8.497,8 milhões de euros, mais 59,6 milhões de euros do que no mês de verão por excelência. O caminho inverso contudo foi feito pelos fundos de investimento alternativo, cujo valor sob gestão caiu 1,6% para os 2.354,0 milhões de euros, segundo os dados disponibilizados pela CMVM nas suas estatísticas periódicas.

No que toca ao valor investido em ações nacionais e estrangeiras por parte dos OICVM importa realçar que a NOS SGPS foi a cotada preferida destes veículos dentro do universo do mercado nacional, com um peso de 9,8% dentro das carteiras, equivalente a 16,7 milhões de euros.

A escalada dos CTT

No segundo lugar das preferências dentro das cotadas nacionais destacam-se os CTT. O título conseguiu um incremento mensal próximo de 48%, representando atualmente 9,5% do total dos portefólios dos OICVM, o que soma valor de 16,2 milhões de euros no mês de setembro. A EDP Renováveis, por sua vez, apresenta-se no terceiro posto das preferências, embora a sua preponderância tenha decrescido 3,6% de um mês para outro.

Novidades no mundo dos fundos de investimento

No que diz respeito à movimentação dentro do universo dos fundos de investimento, a CMVM reporta “a fusão por incorporação do fundo de investimento flexível NB Brasil – Fundo de Investimento Aberto Flexível no fundo de investimento de ações NB Mercados Emergentes – Fundo de Investimento Aberto de Acções Internacional, geridos pela GNB Gestão de Ativos

Liquidado foi o fundo de investimento alternativo em valores mobiliários World Wide Fund – Fundo Especial de Investimento Aberto, gerido pela  Lynx AM.

O ranking de sociedades gestoras com maior volume de ativos sob gestão manteve-se inalterado. A Caixagest apresentou uma quota de mercado de 33%, com uma variação mensal negativa de 0,41 pontos percentuais. No segundo posto figurou a BPI Gestão de Activos, com uma quota de 27,4%, e um avanço mensal de 0,52 pontos percentuais. O terceiro lugar do ranking coube à IM Gestão de Activos, que apresenta uma quota de 14,6%. 

Empresas

Notícias relacionadas