Crescimento na gestão de patrimónios


Dados divulgados no relatório trimestral da gestão de ativos da CMVM relativos a março de 2018 evidenciam um crescimento dos ativos sob gestão na ordem dos 2,1% face ao mesmo período do ano passado, o que se configura num valor absoluto de 1.333 milhões de euros. No trimestre o crescimento foi de 0,6%, um valor de quase 400 milhões de euros.

Captura_de_ecra__2018-05-04__a_s_18

Este volume está agora distribuído por 37 entidades gestoras, mais uma do que no final do ano de 2017, em virtude da entrada da Bankinter Gestão de Ativos no segmento da gestão de patrimónios. A entidade agrega agora 722,7 milhões de euros, a quase totalidade dos montantes sob a alçada do Banco Bankinter registado em Portugal como sucursal do banco espanhol.

Os crescimentos percentuais mais notáveis no trimestre aconteceram na Dunas CapitalAsk e InvestQuest, que viram os seus montantes sob gestão a expandir mais de 20%. Em termos absolutos é a Caixagest que se destaca, com um crescimento de 681 milhões de euros no trimestre, bem como a Santander AM, com 119 milhões de euros.

Captura_de_ecra__2018-05-04__a_s_18

Empresas

Notícias relacionadas

Anterior 1 2 Siguiente