Crescimento e consolidação: 2019 para a área de Mercado de Capitais do EuroBic


Mais uma retrospetiva relativamente às contas de uma instituição bancária, nomeadamente do EuroBic. 2019 foi um ano de evolução positiva para a instituição na sua atividade, relata no seu relatório e contas, onde frisam um aumento de cerca de 654 milhões de euros no volume de negócios, ou seja mais 5,9% do que no ano anterior. O resultado líquido da entidade, reportam também, foi mesmo “o mais elevado” alguma vez atingido pelo Banco, de 61 milhões de euros. 

Relembramos que o ABANCA divulgou em fevereiro um acordo para a compra de 95% das ações do EuroBic. A FundsPeople detalhava então as características de ambas as entidades na gestão e distribuição de soluções de investimento

Recursos

Num ano em que também os recursos cresceram, nomeadamente 6% para os 4.770 milhões de euros, os fundos de investimento apresentaram-se com um contributo positivo para a rubrica (43%), como visível nas informações abaixo, muito embora a sua expressão seja relativamente pequena no total. No término de 2019 os fundos de investimento valiam 31 milhões de euros no EuroBic.

 

11111

O segmento de Private Banking foi, provavelmente, um dos que mais influenciou o volume de negócios da instituição no ano passado. Segundo o documento a direção de private banking obteve em 2019 “um crescimento significativo do seu volume de negócios, de 18,79%, quando comparado com o ano de 2018”. Uma variação positiva suportada por vários fatores: “captação de novos clientes, no aumento dos ativos sob gestão, numa política eficiente de gestão de custos operacionais e no comissionamento adequado ao nível de serviço prestado”.

Mercado de capitais: crescimento e consolidação

A área de mercado de capitais do EuroBic, que agrega um conjunto de soluções ao nível dos fundos de investimento, foi outra vertente potenciadora da instituição no ano passado: “O ano de 2019 fica marcado pelo crescimento e consolidação das soluções de poupança e investimento junto dos nossos clientes”, referem mesmo.

No documento é salientado o percurso dos Eurobic PPR Ciclo de vida (4 sub-fundos de investimento de poupança reforma), lançados em 2018, e que, como recordam, “acompanham o investidor ao longo da sua vida até à idade da reforma”. No final de 2019 atingiam os 8,9 milhões de euros sob gestão, 1.750 clientes e 51% destes com a solução de investimento recorrente periódica.

 Destacado é também outro fundo lançado em 2018: o EuroBic Seleção TOPo “primeiro fundo de fundos flexível multi-estratégia sob a marca EuroBic”, que apresenta um montante total de ativos sob gestão de 5,5 milhões de euros. Outra das referências feitas é ao lançamento do Fundo de Pensões Aberto SMART, criado em parceria com a Ageas Pensões e a Intermoney Valores. “Um fundo simples, transparente, moderno e adequado para a reforma”, contam, referindo que este apresentava no fecho de 2019 2,1 milhões de euros sob gestão e 370 participantes.

Empresas

Notícias relacionadas