Tags: Alternativos |

Crescimento do turismo impacta alocação dos fundos imobiliários


A Funds People reportou anteriormente que, segundo dados divulgados pela CMVM, o mercado de fundos imobiliários em Portugal cresceu 0,41% no primeiro trimestre do ano para um total de 10.837,7 milhões de euros. Este crescimento foi especialmente impulsionado pelos ativos em fundos abertos, fundos que viram o valor sob gestão crescer mais de 1% nos três primeiros meses do ano.

O trimestre foi também revelador de uma grande tendência relativamente à finalidade dos imóveis em carteira, especialmente entre os fundos imobiliários abertos, mas com alguma relevância entre os fechados. Falamos do turismo.

Os últimos anos têm sido simpáticos para o turismo em território nacional, especialmente depois de Portugal ter conquistado pela primeira vez o título de Melhor Destino Europeu e a cidade de Lisboa ter sido nomeada a nível mundial para Melhor Destino City Break. E de facto, apesar do grosso dos imóveis nas carteiras dos fundos refletirem uma exposição ao sector dos serviços, a rubrica mais pequena de imóveis afetos à atividade do turismo viu os ativos crescer 84,5% entre os FII e FEII abertos, e 4,2% entre os fundos fechados. Os montantes globais continuam a representar uma parte marginal as carteiras dos fundos, agregando cerca de 270 milhões de euros, mas foi, sem sombra de dúvida o segmento em que os fundos mais apostaram no trimestre.  

Turismo

Notícias relacionadas