Tags: Pensões |

Contribuições para os fundos de pensões crescem 113%


Mais fundos de pensões, mais contribuições e um maior montante de benefícios pagos: é o resumo de um primeiro semestre do ano retratado pela Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões (ASF). No seu relatório de evolução da atividade dos fundos de pensões a ASF demonstra que nos primeiros seis meses do ano o número de fundos de pensões passou de 229 para 235, na sequência da constituição de quatro fundos PPR, três fundos abertos de adesão coletiva e individual e da extinção de um fundo de pensões fechado.

 

Captura_de_ecra__2019-09-16__a_s_15

Fonte: ASF, primeiro semestre
 

Contribuições avançam mais de 100%

No que diz respeito aos fundos de pensões, e às contribuições registadas no período, o regulador dá conta de um primeiro semestre de 2018 em que as contribuições dos associados e participantes registaram um acréscimo de 113,1% no total dos fundos de pensões.

Os dados da ASF mostram um aumento do total das contribuições para os 477,8 milhões de euros, valor impulsionado pela subida tanto nos fundos fechados, como nos fundos abertos, mais concretamente nos “outros fundos abertos”. No caso dos fundos fechados o crescimento das contribuições foi de 197%.

Captura_de_ecra__2019-09-16__a_s_16

Fonte: ASF, primeiro semestre

No caso dos benefícios pagos, por seu turno, a ASF fala de um crescimento de 4,3% comparativamente com o período homólogo.

Notícias relacionadas

Próximos eventos