Tags: Pensões |

Contribuições para fundos de pensões fechados crescem mais de 300%


O valor das contribuições para os fundos de pensões passaram, no espaço de um ano, de 50,6 para 229 milhões de euros, o que representa um aumento de 350% entre o final do primeiro trimestre do ano passado, segundo os dados do ISP. As contribuições com benefícios definidos foram o grande impulsionador dos fundos fechados, já que cresceram 320% deixando os 22,9 milhões em março do ano passado para os 124 milhões no final do primeiro trimestre deste ano.

Também nos fundos abertos o crescimento percentual foi assinalável, com as contribuições a passarem de 19 para 96,4 milhões de euros, ou seja, um crescimento de 406%. Dentro desta rúbrica, o grande aumento aconteceu nas adesões individuais que passaram, nem doze meses, de 16 para 84 milhões de euros.

Benefícios pagos aumentam 6%

nos benefícios pagos pelos fundos de pensões o aumento foi de 6%, passando de 127 para 134 milhões de euros, desde março de 2013. Aqui os fundos abertos e fechados seguiram em caminhos inversos, com os benefícios pagos nos fundos abertos a caírem para o 9 milhões de euros, sobretudo devido à queda dos PPR de 7,3 para 1,9 milhões de euros. Nos fundos fechado o aumento foi de 10%, para 125 milhões de euros, com as contribuições com beneficio definido a passaram de 105 para 116 milhões de euros.

Notícias relacionadas