Tags: Pensões |

Contribuições para fundos de pensões em expansão acentuada


O mais recente relatório da evolução dos fundos de pensões divulgado pelas Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões destaca a constituição de dois fundos de pensões fechados no primeiro semestre de 2017, bem como uma extinção em virtude da transferência para um fundo sediado na Irlanda.

1

Adicionalmente não se verificou este ano o lançamento de novos fundos abertos, o que faz com que o número total deste tipo de veículos de investimento se cifre em 220, 140 fundos fechados e 80 fundos abertos. De entre os fundos abertos, 25 são PPR e 2 são PPA.

0

No que concerne os montantes geridos, verificamos que são os fundos fechados que mantêm uma preponderância significativa no universo nacional, sendo também os grandes responsáveis pelo crescimento que se tem verificado desde junho do ano passado (de mais de 5%). 

 

3

O grande destaque do relatório vai para um aumento de 20,5% das contribuições de associados e participantes no total dos fundos de pensões no ano que terminou a 30 de junho. “Esta evolução resultou, principalmente, da necessidade de alguns associados em efetuarem contribuições extraordinárias para os fundos no sentido de repor o nível de financiamento das responsabilidades”, justifica o regulador.

Por outro lado, é evidente um decréscimo na ordem dos 14,9% dos benefícios pagos em relação ao período homólogo de 2016, que resulta, segundo a ASF de uma “diminuição de remições pagas em adesões individuais a fundos de pensões abertos”.

4

Notícias relacionadas

Anterior 1 2 Siguiente

O Mais Lido