Tags: Gestores |

“Consideramos que a Zona Euro deverá sair mais reforçada desta crise”


"Contudo, a recente injecção de capital à banca nacional, veio reforçar a sua capacidade de solvência. Consideramos este ponto muito positivo pelo que se deverá reflectir numa melhoria da avaliação dos activos financeiros nacionais”. Ao nível macro, afirma que a Europa tem pela frente um caminho que não será fácil e que implica que “todos os países adoptem medidas que levem a maior integração”.

O papel Banco Central Europeu é, na sua opinião, determinante na estabilidade financeira e este “deveria ser o maior defensor do euro”. Neste sentido, considera que “a Zona Euro vai sobreviver às actuais turbulências e no futuro deverá sair mais reforçada desta crise”.

O Mais Lido