Conheça melhor os fundos premiados na mais recente edição dos Euronext Lisbon Awards


A Euronext Lisbon pintou de verde o mais recente evento Via Bolsa e Euronext Lisbon Awards 2020. Finanças Sustentáveis foi o tema da edição da conferência que decorreu no dia 27 de janeiro, no Pavilhão do Conhecimento, em Lisboa. Da entidade destacam que foi este ano o "momento certo para evidenciar a relevância do mercado de capitais para uma economia mais robusta, procurando sensibilizar as empresas para as oportunidades que a bolsa oferece para o financiamento, crescimento e desenvolvimento empresariais, bem como refletir sobre o presente e o futuro do mercado de capitais, e o enquadramento económico, regulatório e político que enfrentamos", sendo que as Finanças Sustentáveis como tema resultam de que "também o mundo financeiro deverá assumir um papel decisivo no financiamento da transição para um planeta sustentável".

Entre as diversas categorias premiadas, o destaque vai para duas onde a indústria de gestão de ativos nacional sobressaiu. Primeiro, falamos exatamente da categoria de Sustainable Finance, que, segundo a Euronext, "distingue a iniciativa, projeto, evento, programa e/ou produtos relacionados que revele maior impacto positivo em matérias ambientais, sociais ou de governo da sociedade. Aqui, a entidade vencedora foi a Caixa Gestão de Ativos com o fundo de investimento Caixa Ações Europa Socialmente Responsável

Este foi um fundo que resultou da renomeação e revigoração do Caixagest Ações Europa no ano passado, e que Rui Nunes, responsável da Área de Ações da Direção de Investimento da Caixa Gestão de Ativos, explicou à Funds People que “a incorporação da abordagem de investimento ISR no fundo de ações europeu da Caixagest surgiu como um passo natural na nossa estratégia de sustentabilidade”. O profissional reforçou que acreditam neste tipo de abordagem, “do ponto de vista do potencial de rendibilidade ajustada pelo risco” e também que com esta mudança, a Caixa Gestão de Ativos procura responder “à maior predisposição do público em geral para as causas de preservação do meio ambiente, bem como ao cumprimento das metas sociais e de governo societário”. Com esta alteração da política de investimento e da denominação do fundo, a Caixa Gestão de Ativos foi a primeira sociedade gestora de ativos nacional a disponibilizar um fundo de ações europeias cujo “processo de investimento incorpora, não só as considerações de avaliação fundamental, como também os critérios ESG das empresas constantes do índice acionista STOXX® Europe Sustainability. As 440 empresas europeias com melhor classificação de acordo com critérios de sustentabilidade estão incluídas neste índice”.

Já na categoria de Investment Fund Portugal, o fundo vencedor foi o BPI Europa, da BPI Gestão de Activos. Nesta categoria é reconhecido o fundo de investimento / fundo de pensões aberto que tenha realizado o maior esforço do investimento em ações cotadas nos segmentos da Euronext Lisbon, relativamente à sua carteira inicial de ações nacionais. Este prémio é desenvolvido em parceria com a APFIPP, que contribui para a definição dos critérios e dá o suporte técnico ao apuramento anual do vencedor.

Este fundo de ações europeias apresenta uma carteira composta por perto de 50 títulos, muito embora as 10 maiores posições agregassem, ao fecho do ano, cerca de 50% dos ativos no fundo. Na mesma data, o investimento em ações de empresas portuguesas era efetuado através da EDP e Galp, que segundo a carteira detalhada divulgada pela entidade gestora ocupavam, em conjunto, 5,54% da carteira. 

Nomeados para esta categoria estavam também o NB Ações Europa e o NB Portugal Ações, da GNB Gestão de Ativos.

Profissionais
Empresas

Notícias relacionadas

O Mais Lido