Como se organiza a indústria nacional de gestão de ativos em comparação com o resto da Europa


Dados da EFAMA (European Fund and Asset Management Association) no mais recente relatório de Asset Management in Europe – Facts and Figures de setembro de 2019  mostram que a indústria europeia de gestão de ativos contava com quase 4.400 entidades gestoras em atividade no final de 2017. E também que Portugal contribuiu para este universo com 66 entidades gestoras, posicionando-se, nesta medida, entre a Bélgica, com 64, e a Suécia, com 105 entidades. Sobre este tema a Associação realça a evidente importância relativa de Londres, Paris e Frankfurt que se reflete nos números dos respetivos países. Já o elevado número de entidades gestoras na Irlanda e no Luxemburgo é reflexo da importância destes mercados na distribuição transfronteiriça de UCITS e AIFs. 

Captura_de_ecra__2019-09-18__a_s_11

Já no que se refere ao posicionamento das entidades gestoras como independentes ou parte de um grupo económico bancário ou segurador, o gráfico abaixo mostra como estas se repartem (por número de entidades) e como esta repartição compara com o resto da Europa. Portugal é o Terceiro país com mais entidades gestoras detidas por entidades bancárias.

Captura_de_ecra__2019-09-18__a_s_11

Notícias relacionadas