Tags: Negócio |

Os fundos de investimento imobiliários das entidades associadas da APFIPP em novembro


Segundo dados publicados pela APFIPP no Relatório Estatístico Mensal de novembro, no final do respetivo mês os fundos de investimento imobiliário de entidades associadas da APFIPP registavam um valor líquido global na casa dos 9,3 mil milhões de euros. Comparado com o mês de outubro, este dado representa uma redução de 0,8% e, desde o início do ano, um crescimento de 0,9%.

Variação FII novembro

Um comportamento semelhante é o da rubrica do património imobiliário detido pelos fundos, que reduziu 2,5% face ao mês anterior para os 8,8 milhões de euros. Esta tem sido a tendência desde o início do ano, tendo-se registado uma diminuição de 7,5% deste valor no período referido.

Já no que ao número de fundos diz respeito, a redução entre meses de 187 para 185 fundos fica a dever-se ao encerramento do Caixa Arrendamento, Caixa Imobiliário e Fundicapital, compensados pela abertura do fundo fechado Mextro Property Investment I.

Composição do Mercado FII novembro

Quanto à distribuição dos fundos em categorias, os fundos fechados permanecem como a categoria com maior representação, com 5 mil milhões de ativos sob gestão (54,1% do total). Seguem-se os fundos abertos (rendimento e acumulação), que representam 37,2% com os seus 3,4 milhões de ativos a seu cargo. Ainda sobre esta categoria, face ao mês anterior registou-se uma redução da sua quota de mercado, ainda que em termos anuais a mesma tenha vindo a aumentar (11,7% para os fundos abertos de rendimento e 4,8% para os de acumulação).

Empresas

Notícias relacionadas

O Mais Lido