Tags: Negócio |

Comissões de gestão de ativos do Millennium BCP crescem mais de 11% no ano


O Millennium BCP apresentou resultados não auditados referentes aos exercício de 2017 onde está patente uma subida do resultado líquido para 186,4 milhões de euros, que compara com os 23,9 milhões de euros de 2016. Esta melhoria significativa deveu-se, segundo o banco, a uma evolução favorável do resultado da atividade em Portugal e ao contributo estável da atividade internacional recorrente. Destaca-se também o crescimento da carteira de crédito “performing” em Portugal no ano, “o que não ocorria há 8 anos”, pode ler-se na apresentação.

Ao nível das comissões de gestão de ativos, o banco apresentou um crescimento de 11,3% no ano para 42,6 milhões de euros. Já ao nível dos recursos de clientes fora de balanço no segmento consolidado evidenciam um crescimento de 13% no ano para 18,7 mil milhões de euros. Desses, 16,7 mil milhões de euros representa os recursos fora de balanço de clientes em Portugal.

O fundo de pensões do banco não evidencia alterações nos pressupostos de cálculo das responsabilidades face a 2016. A cobertura das responsabilidades cifra-se nos 104% sendo que, no ano, verificaram-se desvios atuariais positivos na ordem dos 29 milhões de euros “refletindo a performance do fundo acima dos pressupostos”.

A carteira, a 31 de dezembro, apresentava-se distribuída da seguinte forma:

Captura_de_ecra__2018-02-15__a_s_16

Fonte: Millennium BCP

Notícias relacionadas