Tags: Negócio |

Comissões da gestão de activos do Banco Popular duplicam


As comissões líquidas do negócio de gestão de activos do Banco Popular Portugal totalizaram 2,62 milhões de euros, no ano passado, mais que duplicando face a 2011, de acordo com o relatório e contas divulgado pela instituição financeira.

O valor de 2012 representa um crescimento de 106% ( ou 1,3 milhões de euros) comparativamente com o valor do ano anterior, que tinha sido de 1,27 milhões. Estas foram "resultantes, em grande parte, da colocação de dívida de terceiros", refere o Popular no documento de contas anual.

No total, as comissões líquidas consolidadas do Popular tiveram um crescimento de 11,5% em 2012, face ao período homólogo, totalizando 54,3 milões de euros.

Em termos de recursos de clientes, os 23 fundos de investimento, geridos pela Popular Gestão de Activos e dos qual do Banco Popular Portugal é o depositário, correspondiam a uma carteira total de 173,2 milhões de euros, no final do ano passado, menos 1,3% do que no período homólogo, quando o montante ascendeu a 175,5 milhões.

No relatório e contas, o Banco Popular Portugal faz referência ainda à comercialização de planos poupança reforma e seguros de investimento da Eurovida, na qual detém uma participação no capital. "A captação de recursos de clientes através destes produtos registou um aumento de 41%, nos seguros de investimento e uma redução de 2% nos planos de poupança reforma", refere a instituição financeira, no relatório e contas do ano passado.

Empresas

O Mais Lido

Próximos eventos