Tags: Negócio |

Comissões da gestão de activos da CGD estáveis em 2012


 

A área de gestão de activos da Caixa Geral de Depósitos (CGD) terminou o ano passado com comissões líquidas de 31,5 milhões de euros, o que representa uma ligeira descida de 0,2% face ao montante de 31,6 milhões regiastado no final de 2011.

Também as da banca de investimento tiveram uma evolução negativa, com o valor a decrescer 5,5% em termos homólogos para 47,1 milhões de euros, de acordo com o comunicado de contas anuais.

As comissões líquidas consolidadas do grupo totalizaram 508,6 milhões de euros em Dezembro de 2012, beneficiando do crescimento das referentes à área internacional, a única que teve um aumento face ao mesmo período de 2011, tendo crescido 13,1% para 131,5 milhões de euros. Na actividade em Portugal, as comissões líquidas recuaram, no ano passado, 2,8% para 299 milhões de euros.

No âmbito da captação de recursos de particulares em 2012, a CGD destaca, no comunicado de resultados anuais, a evolução, nomeadamente das aplicações em fundos de investimento.

“Apesar da acentuada quebra do rendimento disponível, a totalidade dos produtos de captação aumentou 1,2% face ao ano anterior, destacando-se o crescimento dos depósitos dos particulares em quase mil milhões de euros, acompanhado de uma variação também positiva nos fundos de investimento”, que cresceram 6,9% para 159 milhões de euros, refere a CGD.

No caso dos seguros financeiros, acrescenta, houve uma descida homóloga de 8,1% para 484 milhões de euros.

Notícias relacionadas

O Mais Lido